Skip to content
mulheres fazendo pequenas ações para ajudar o planeta

nossa tribo

Amar o planeta não deve ser só para poucos

Vamos nos unir em pequenas ações de amor para ajudar o planeta aqui no Brasil, todos os dias. Um ato de amor especial para o planeta? Junte-se à Ashoka, a casa dos agentes de mudança. Junto com cada uma de vocês, vamos promover um futuro lindo para o nosso planeta!

As Agentes de Mudança Alexa, Jessica e Whitney vão impulsionar nosso caminho. Adoramos descobrir, apoiar e financiar as ideias delas para reduzir o desperdício; esperamos que você também se empolgue. O compromisso delas de viver com baixo impacto e ajudar o planeta nos inspira.

Daqui para frente, queremos ouvir você. Quais serão suas pequenas ações para ajudar o planeta?


Conheça as agentes de mudança

Alexa Green

Alexa Green

REVOLUCIONÁRIA DA RECICLAGEM

Pequeno Ato: padronizar as etiquetas de reciclagem nos Estados Unidos

Criada nas famosas praias de Miami, Alexa Green transformou sua paixão pela natureza em seu trabalho. Diretora de Ações Nacionais da Recycle Across America, Alexa quer padronizar as etiquetas de reciclagem nos Estados Unidos e evitar que toneladas de itens recicláveis acabem em aterros.

Recentemente, ela organizou uma parceria com o Sistema Nacional de Parques que levou à adoção de etiquetas padronizadas em vários parques nacionais nos EUA.

Jessica Schreiber

Jessica Schreiber

NERD DO LIXO

Pequeno Ato: reduzir o lixo na indústria da moda

Após testemunhar em primeira mão o lixo produzido pela indústria da mota, Jessica Schreiber criou um inovador sistema de reciclagem e reuso em sua empresa
FABSCRAP.

Desde então, ela estabeleceu parcerias com mais de cem marcas para coletar de forma responsável e conveniente os materiais descartados, processando-os para uso em isolamento térmico, novos tecidos ou novas roupas.

Whitney Jaye

Whitney Jaye

DEFENSORA DA TERRA

Pequeno Ato: minimizar o desperdício na indústria alimentícia local.

Whitney Jaye defende a adoção de um estilo de vida engenhoso, sustentável e sem desperdícios nas comunidades pobres de Atlanta.

Em seu trabalho como Fazendeira Interna no Instituto de Treinamento em Conservação Urbana, ela ensina agricultura sustentável para jovens negros, criando um sistema fechado e minimizando o desperdício de alimentos.

páginas relacionadas